História

A implantação da Faculdade de Tecnologia tornou-se realidade no ano de 1964. Desde então, ao longo de sua existência, foram criados cursos de graduação e programas de pós-graduação, todos em consonância com a procura, em nível nacional e internacional, por profissionais e pesquisadores capazes de atuar com excelência em áreas específicas do conhecimento, bem como promover inovação tecnológica nos setores que ao longo destas décadas despontaram como estratégicos para o desenvolvimento tecnológico.

Atualmente a FT é integrada por quatro Departamentos: Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Civil e Ambiental e Engenharia Florestal. A Faculdade oferece regularmente nove cursos de graduação (Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Mecatrônica, Engenharia de Produção, Engenharia Química e Engenharia de Redes de Comunicação) e onze programas de pós-graduação que oferecem cursos em nível de mestrado e doutorado (Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Pós-Graduação em Sistemas Eletrônicos e de Automação, Pós-Graduação em Ciências Mecânicas, Pós-Graduação em Sistemas Mecatrônicos, Pós-Graduação em Transportes, Pós-Graduação Geotecnia, Pós-Graduação em Recursos Hídricos, Pós-Graduação em Estrutura, Pós-Graduação em Ciências Florestais, Pós-Graduação em Integridade de Materiais).

Hoje, com 48 anos de existência, a Faculdade de Tecnologia possui 198 docentes altamente qualificados (175 homens e 23 mulheres), dos quais 96% são contratados no regime de Dedicação Exclusiva e 92% possuem titulação de doutorado ou superior. Conta com 72 técnicos-administrativos (59 homens, 23 mulheres, 43 técnicos e 29 administrativos) e mantém 3.216 estudantes regularmente matriculados nos seus cursos de graduação e 1.102 estudantes nos programas de pós-graduação stricto sensu (736 mestrandos e 366 doutorandos).

 

A Faculdade de Tecnologia mantêm laboratórios e estruturas didáticas de apoio ao processo ensino-aprendizagem. Atualmente possui quatro anfiteatros com excelente estrutura para realização de congressos, palestras, aulas e outros eventos e cerca de 80 laboratórios de apoio ao ensino de graduação, pós-graduação e à pesquisa, abrangendo instalações equipadas com instrumental específico e ambientes de uso compartilhado entre diferentes cursos, como o Laboratório Central de Computação Científica ? LCCC. No entanto, a expansão e o crescimento da FT nas atividades de ensino, pesquisa e extensão demandam, concomitantemente, a necessidade de construção/ampliação de ambientes e, consequentemente, de novas áreas.

Além de estrutura própria, a FT tem á disposição uma excelente estrutura de apoio disponibilizada pela Universidade de Brasília que contempla a maior biblioteca da região, um Centro Olímpico para desenvolvimento de atividades esportivas, moradia estudantil, restaurante universitário, teatro, cinema, além da Reserva Ecológica e Experimental da Universidade de Brasília, Fazenda Água Limpa (FAL), onde um número considerável de pesquisas e aulas práticas do Departamento de Engenharia Florestal é desenvolvido.

Deste modo, aliando um renomado corpo docente a uma excelente estrutura de apoio, somados a um corpo discente criteriosamente selecionado, a FT tem se destacado como uma das maiores faculdades da Universidade de Brasília e é referência em produção de conhecimento em ciência e tecnologia nos âmbitos nacional e internacional.